Warning: Creating default object from empty value in /home/estavira/public_html/moodle/config.php on line 5
Ajuda

Uso avançado do Markdown

Esta secção estende a informação básica dada na secção intitulada "Texto no formato Markdown" para dar àqueles com exigências especiais a informação necessária para tirar máximo partido do Markdown. Se não reconhece, ou não precisa, o formato listado abaixo então pode ignorar esta secção e voltar a ela quando chegar a ser necessário.

Quebras de Linha

Em alguns textos, por exemplo, na poesia e no verso, é frequentemente necessário introduzir quebras de linha. Tentar fazer isso com a tecla "enter" não dará o efeito pretendido porque por omissão as linhas juntam-se para criar um parágrafo. Por exemplo:

As armas e os barões assinalados,
Que da ocidental praia Lusitana,
Por mares nunca de antes navegados,
Passaram ainda além da Taprobana,
Em perigos e guerras esforçados,
Mais do que prometia a força humana,
E entre gente remota edificaram
Novo Reino, que tanto sublimaram;

Se o texto acima fosse escrito como aparece, em linhas separadas, as mudanças de linha seriam ignoradas e o texto ficava assim:

As armas e os barões assinalados, Que da ocidental praia Lusitana, Por mares nunca de antes navegados, Passaram ainda além da Taprobana, Em perigos e guerras esforçados, Mais do que prometia a força humana, E entre gente remota edificaram Novo Reino, que tanto sublimaram;

Mas terminando cada linha com dois espaços, pode forçar uma quebra de linha como segue:

As armas e os barões assinalados,
Que da ocidental praia Lusitana,
Por mares nunca de antes navegados,
Passaram ainda além da Taprobana,
Em perigos e guerras esforçados,
Mais do que prometia a força humana,
E entre gente remota edificaram
Novo Reino, que tanto sublimaram;

Barras Horizontais

As barras horizontais podem ser criadas colocando três ou mais asteriscos (*), hífenes (-) ou underscores (_) numa linha.

Isto é suficiente:

***

mas pode adicionar espaços ou mais caracteres para tornar mais evidente a quebra de secção na janela de edição de texto; por exemplo:

* * * * *

-------------------------

_ _ _ _ _

Todos estes métodos dão o mesmo exacto resultado:


Imagens com Apontadores

No documento "Texto no formato Markdown" explica-se como criar apontadores e introduzir imagens. Pode não ser óbvio que estes podem ser combinados para criar imagens que sejam também apontadores que actuam quando se carregar neles:

[o motor de pesquisa do Google][google]

![o logo do Google][logo]

Acima temos um apontador e uma imagem. Colocando a imagem onde se devia colocar o texto do apontador obtemos:

[![o logo do Google][logo]][google]

Esta linha acima, em combinação com as seguintes definições do apontador e imagem, numa outra parte no documento:

[logo]: http://www.google.com/images/logo.gif
[google]: http://www.google.com/ "Carregue para visitar Google.com"

produz a seguinte imagem com um apontador (com ajuda quando se colocar o rato sobre ela):

o logo do Google

Um exemplo onde esta técnica pode ser útil consiste em associar imagens pequenas (thumbnail) a fotos maiores.

Inclusão de HTML

Se já souber codificar em HTML então podem existir ocasiões quando o Markdown não lhe permite o mesmo controlo ao que está habituado. Felizmente o Markdown foi projectado para esta eventualidade, permitindo a inclusão directa de HTML dentro do texto em formato Markdown. Por exemplo:

* <small>texto pequeno</small>
* <big>texto grande</big>

  • texto pequeno
  • texto grande

Repare que o código HTML coexiste com o código do Markdown para lista de pontos. Isso permite a utilização da sintaxe mais simples do Markdown para algumas tarefas habituais como parágrafos e listas, reservando o poder do HTML para situações mais específicas.

Código Pré formatado/a>

Se, ao contrário da secção acima, deseja que o código HTML escrito seja mostrado exactamente como foi escrito, em vez de ser processado como HTML, pode começar cada linha com quatro espaços.

<p>Um parágrafo em <strong>HTML</strong> mostrado como código</p>

O mesmo método (4 espaços no início da linha) pode ser usado para apresentar código de computador:

print "Argumentos da linha de Comando: (@ARGV)\n";

Como este formato é usado para listagens de programas e ooutro texto que pode conter os caracteres que o Markdown usa para indicar tipos diferentes de formato, a formatação do Markdown é desligada para estas linhas:

Normalmente esta palavra seria escrita em **negrito**.

Para incluir tais caracteres dentro do texto normal, veja a secção abaixo.

Uso de Caracteres Especiais

Se quiser usar qualquer um dos caracteres especiais que definem o formato do Markdown sem que seja interpretado como caracter especial, simplesmente preceda-o com o carácter (\). Isto é designado de "escapar" o carácter. O carácter \ não é mostrado mas o carácter imediatamente depois dele sim é mostrado, exactamente como introduzido.

\*asteriscos, não ênfase\*

É apresentado como:

*asteriscos, não ênfase*

em vez de

*ênfase, não asteriscos*

o que dá:

ênfase, não asteriscos

Referências

O sistema Markdown não é próprio do Moodle; é usado num número crescente de ferramentas de publicação na Web. Pode obter mais informações em http://daringfireball.net/projects/markdown/

Índice de todos os ficheiros de ajuda